agulha # 16

   

 
fortaleza, são paulo - setembro de 2001

1 cemitério de papel: imagens da cidade na poesia de augusto dos anjos. maria esther maciel
2 creación literaria y realidad virtual. josé ángel leyva
3 hermeto paschoal: o choro que ninguém mais toca. floriano martins
4 josé luis cuevas y el ritual de lo terrible. víctor sosa
5 leonard cohen: la remota posibilidad humana. mónica saldías
6 michele finger: collages, 1993-1995. juliana angeli e fernando freitas fuão
7 paisagem com um século que finda e outro que inicia: uma apresentação de david salle. jorge lucio de campos
8 flâneur. roberto mascaró
9 silveira sampaio e nelson rodrigues: obras paralelas que se encontram no infinito. daniel adjafre
10 una entrevista con osvaldo soriano. cristina castello


artista convidado eduardo brenes (artigo) efraím hernández
dossiê da agulha celso luiz paulini [textos críticos de claudio willer e sérgio cohn / seleção de poemas / entrevista por rubens rodrigues torres filho]


 

 

editores
floriano martins (floriano@secrel.com.br)
cláudio willer (cjwiller@uol.com.br)
 
apoio cultural
jornal de poesia
 
 
visite
banda hispânica - jornal de poesia

colabore com a difusão deste veículo de cultura
 
não desejando mais receber anúncio da agulha,
solicite exclusão de endereço de nosso cadastro